segunda-feira, 17 de outubro de 2011

CONTINUAÇÃO DA POSTAGEM ANTERIOR



O que fazer com relação a isso? Nada. Nada. Ah, vocês respiram isso, na verdade. Essas energias não estão aqui para feri-los. Ah, parte delas tem um tipo de coloração, uma certa tendência para isso, tem sua própria dinâmica. Mas está, realmente, apenas voltando pra vocês. É tudo que está fazendo. Não fiquem impressionados, assustados com essas energias. Não fiquem imaginando que tipo de demônios vocês libertaram. Nós não teríamos feito o exercício se vocês não pudessem lidar com elas.


Não façam isso com ninguém que não esteja em alinhamento. Não saiam por aí tentando fazer isso na igreja do bairro. [Risadas] É realmente perigoso – psicologicamente, com certeza, e espiritualmente perigoso – fazer uma coisa dessas se a pessoa não estiver pronta, se não souber o que é um aspecto e não compreender como funciona a energia. Se ela não entende a energia – se vocês falam de energia e ela acha que vocês estão falando das luzes, da eletricidade das casas – não façam isso com ela.

Vocês estão prontos. Vocês estão prontos. Dez anos de preparação com Tobias e existências de preparação por conta própria. Vocês vão descobrir que existe uma... que existem ondas de energia que chegam, e vocês vão reconhecê-las em seus sonhos, nas alterações da energia corporal e está tudo bem. Tudo isso é bom. Certamente. São vocês. São vocês. São os potenciais de vocês. São as coisas que vocês plantaram no jardim e, que agora, estão prontas para a colheita.

Às vezes, uma faceta ficará jogando com vocês. Não prestem atenção. Respirem isso. Respeitem. Respeitem.

Quando a gente abre as portas dos potenciais do passado, vocês entendem que sua história não é tudo que vocês pensavam que era – vocês não são o que pensavam que eram – e vocês vão sair do equilíbrio por um tempo, porque estão acostumados a se definirem como vocês mesmos. Vocês passaram uma existência tentando, absolutamente, se definirem, definirem esta ilusão, este potencial. Então, isso vai tirar o chão de vocês por um tempo.

É onde entra este grupo chamado Shaumbra, que se reúne, apoiando uns aos outros, compartilhando, dizendo: “É, passei o dia sem saber que diabo está acontecendo.” E outro Shaumbra pode chegar e dizer: “Já tive um dia assim, mas sabe de uma coisa? O dia seguinte foi incrível, o dia seguinte representou um enorme salto de consciência.” Vocês têm esta energia disponível no momento.

Eu lhes disse, no encontro passado, que estarei com vocês em cada passo do caminho, e realmente estou. Eu falo sério – em cada passo do caminho – e, às vezes, será um pouco difícil; às vezes, será magnífico, e vocês olharão pra trás e dirão: “Que vida sem cor, sem graça. Que vida chata eu levava.” Assim como, neste momento, Cauldre está pensando como é incrível eu poder trabalhar dentro do corpo dele, na mente e no espírito dele, bem como em vocês, e isso ser tão confortável, de fato. Agora, o que me impressiona é como alguém pôde ficar dez anos sentados numa cadeira de olhos fechados sem se mexer! Que sem graça!



E ser humano não é uma bênção? É uma experiência. Não é um teste nem um experimento. É uma vivência e uma descoberta de sua natureza soberana.

Vou tratar da luz e da escuridão no nosso próximo encontro. Vamos ter algumas experiências na França com a luz e a escuridão. Mas, por agora... Você ainda não se lembra Kathleen? [Kathleen diz que “não” com a cabeça.] Posso lhe perguntar de novo no mês que vem?


A propósito, os sonhos na Nova Energia são diferentes; a interpretação dos sonhos é diferente do que era na Velha Energia. Na Velha Energia, os sonhos eram uma série de símbolos, quase sempre, muito, muito difíceis de entender. Pareciam coisas doidas às vezes. Então, o que vocês fizeram? Vocês os afastaram.

Os sonhos na consciência do momento são, de fato, muito mais, como vocês dizem, literais. Às vezes, são um pouco confusos, mas serão mais literais. Se vocês tiverem um sonho à noite em que estão numa jornada e num projeto, trabalhando com outras pessoas, provavelmente, é isso mesmo que está acontecendo. Vocês estão abrindo as portas e começarão a ter sonhos novamente.

Bom, Shaumbra nós tivemos muita conversa e um pouco de vivência hoje – abrindo os potenciais do passado. É tão real quanto qualquer coisa. Entendendo que a história de vocês, que vocês conhecem, é apenas um pedaço do que foi e do que poderia ser. Quando vocês fazem isso e trazem tudo de volta para o momento do Agora, bem aqui, muda absolutamente o que vocês acham que será seu caminho no futuro. E é por isso que eu digo “esperem o inesperado”.

Se vocês relacionarem tudo que aconteceu com vocês antes, uma versão disso vai acontecer com vocês no futuro – talvez uma versão mais fácil ou mais rica. Agora, não estamos mais nesse caminho. Ele muda, então, coisas inesperadas acontecem. Não deixem que isso tire seu chão.

Ouçam minhas palavras – dão deixem que isso tire seu chão. Não deixem que isso faça com que queiram correr e se esconder. A última coisa que qualquer um de vocês precisa agora é voltar a se esconder. Traga isso como energia como algo que vocês certamente criaram e manifestaram.

Repitam este exercício sozinhos ou com um pequeno grupo de Shaumbra. Quando fizerem isso, também estarão convidando para sua vida essa coisa chamada Nova Energia. Não quero definir a Nova Energia, não vamos abordar isso hoje. Mais tarde. Mas, agora, com os potenciais do passado abertos, trazidos para cá, a Nova Energia tem a liberdade ou o convite para entrar.

Na Nova Energia..., vou ter que escrever um livro sobre isso. Na Nova Energia, não existem potenciais. Não existem potenciais na Nova Energia, e sei que parece contradizer o que falei, mas, nela, não existem mais potenciais, e falaremos sobre isso no nosso próximo encontro. O que existe na Nova Energia? Se não são potenciais, o que existe?

Bem, vou deixá-los em suspense dramático [risadas] até a próxima reunião, e até eu encontrar alguns de vocês na França.

E, com isso, queridos Shaumbra, vou pedir a Andrah que faça..., a biologia de vocês já está falando mais alto. Fechamos nossas perguntas e respostas, fechamos o dia... Andrah vai fazer uma respiração de cinco minutos com vocês. Respirem essa energia dos potenciais.

Peço licença pra me retirar, mas, antes, quero lembrar a vocês que tudo – tudo na criação –está bem. Tudo está bem em toda a criação. Lembrem-se disso. Não existem partes fragmentadas na criação, partes incompletas, partes faltando ou o que chamam de partes escuras.

Tudo está bem em toda criação e, portanto, Eu Sou Adamus.

E assim foi.

Convido cada um de vocês agora… Neste momento, peço que cada um de vocês feche os olhos enquanto mergulha no seu âmago, no você autêntico, perdoado, verdadeiro, no lugar onde reside esse você brilhante.

Respire fundo agora. Permita-se respirar bem profundamente. Sinta a si mesmo enquanto navega, celebra, flutua e mergulha mais para dentro de si, dentro de si, onde esse espaço doce, doce espera por você.

Sim. Sim. Sinta, enquanto se permite mergulhar mais fundo, mais fundo, mais fundo nesse rico, belo, lindo você. Sim. Sinta a doçura, essa doçura chamada você, sim, a música que está tocando, o calor que está aí para amá-lo, a doce fragrância de você, sim, sim, tudo isso. Como uma obra musical. Nota por nota. Nota por nota. Criando a obra prima que é você. Sim. Respire profundamente com você mesmo.

Respire bem profundamente, observando todas as energias e vibrações desacelerarem, desacelerarem, pois nesse ritmo mais lento você pode sentir o aroma, o aroma deixa você mais autêntico, como se estivesse sentado no fundo de um grande lago muito tranquilo. Cada gota d’água parece criar um reflexo de você.

Respire, respire profundamente. Receba, receba agora todos os potenciais, as cores que são suas. Sim. Simplesmente, receba. Uma respiração de cada vez. Sim. Uma respiração de cada vez. Sim. Mais profundo e mais profundo. Sim. Uma chuva de potenciais. Sim. A cada respiração, sentindo fluir gentilmente, gentilmente, receba-os agora. Sim.

Observe a chuva de estrelas, salpicando seu brilho em você. Respire mais fundo, mais fundo, mais fundo. Sim. Sim. Quanto amor, quanto amor vindo pra você. Sim. Este potencial está trazendo muito amor pra você. Sim, apenas respire, apenas respire. Respire e receba. Respire e receba. Sim. Que incrível! Respire agora. Respire de novo. Só para você. Só para você. Permitindo que você sinta a liberdade em cada respiração.

Cada potencial é uma respiração de amor. Uma respiração que sente a confiança dentro de você. Sim. Acredite na celebração que você é. Sim. Mais e mais profundo. Sim. Simplesmente receba, é tudo. Simplesmente receba. Sim. Obrigada. Obrigada.

Postado por Divã Cris na OUSE - CIRCULO CARMESIM- SHAUMBRA - Tradução para o Português: Inês Fernandes mariainesfernandes@globo.com




Photobucket

3 comentários:

  1. Olá querida, deu trabalho mas consegui colocar imagem em todas as suas postagens...Ufa!!!
    Precisamos conversar para que eu te ensina a postar imagens...
    Bjusssssssss
    Dan

    ResponderExcluir
  2. Ficou lindo, grata amiga! O seu carinho é um enorme presentão que ganhei de nossa Mãe Natureza! Vc é Mil! Fico aguardando as suas instruções sobre como postar imagens e tb textos porque eu levo página do word, como fundo branco horrível.. (risos...

    ResponderExcluir

Photobucket

"Não busque mudar o mundo, mas escolhe mudar a tua mente sobre o mundo"

(UCEM)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...